Se você ainda não decidiu se deve investir em uma casa ou apartamento para morar, é válido ressaltar que existem prós e contras nos dois tipos de imóveis. Por isso, antes de chegar a uma decisão final, o locatário ou comprador tem muito o que considerar.

Afinal, esses dois tipos de residências são bem diferentes entre si — tanto nas características quanto nas funcionalidades disponíveis. Para acertar na escolha, é necessário avaliar as demandas, anseios e necessidades de cada família.

Por isso, listamos as vantagens e desvantagens de morar em casa ou apartamento para te ajudar nessa desafiadora, porém extremamente importante tarefa de encontrar seu novo lar.

Confira o que você vai ler aqui:

Encontre o imóvel ideal sabendo quanto vai gastar desde o início
Encontre o imóvel ideal sabendo quanto vai gastar desde o início Compre o seu

Tipos de casa

Morar em uma casa oferece vantagens como privacidade, espaço externo e potencial para personalização. Existem diversos tipos de casas, cada uma com características e benefícios próprios:

  • Casa geminada: compartilha telhado e, às vezes, parede com a casa vizinha, sendo uma opção mais acessível para quem compra a primeira casa;
  • Casa térrea: todos os cômodos em um único andar, ideal para famílias com crianças, idosos e pets, mas pode ser limitada em lotes pequenos;
  • Sobrado: casas de dois ou mais andares, boas para maximizar o espaço em lotes menores e manter áreas privativas separadas das comuns, embora escadas possam ser um problema para idosos;
  • Mansão: imóvel de luxo com várias suítes e áreas de lazer, adequado para quem tem alto poder aquisitivo e pode arcar com altos custos de manutenção;
  • Casa de condomínio: pode ser de qualquer tipo mencionado, localizada em áreas organizadas com segurança e lazer, ideal para famílias com filhos pequenos e para quem valoriza segurança e serviços adicionais.

Tipos de apartamento

Os apartamentos são conhecidos por sua segurança e facilidade de manutenção. Existem vários tipos:

  • Studio: pequeno (cerca de 30 m²), sem paredes dividindo os ambientes, ideal para quem mora sozinho e busca baixo custo de manutenção. Pode ter ou não mezanino;
  • Kitnet: similar ao studio, com 20 a 40 m² e geralmente um quarto. Pode ter divisórias entre os cômodos;
  • Loft: sem divisórias internas e com pé-direito alto, não é necessariamente pequeno como o studio;
  • Apartamento padrão: possui divisórias entre os cômodos e variação de metragem (40 a mais de 100 m²). Ideal para casais ou pequenas famílias. Pode ser duplex (dois andares) ou triplex (três andares);
  • Apartamento de luxo: ampla metragem, acabamentos de alta qualidade, localizados em áreas nobres, podendo incluir piscina privativa e ser coberturas, localizadas no último andar do prédio, mais luxuosas e caras que as outras unidades.

Quais são as vantagens e as desvantagens de cada um?

As vantagens e desvantagens de morar em casa ou apartamento são variadas. Isso porque as duas alternativas têm seus prós e seus contras. Compare a seguir:

Vantagens de morar em casa

As vantagens de morar em casa são as seguintes:

  • Mais espaço interno e externo, o que permite ter cômodos mais amplos, o que é ideal para quem tem uma família grande ou gosta de receber visitas;
  • Área externa privada, e, dependendo do tamanho dessa área, pode ser possível instalar um forno de pizza, churrasqueira, piscina, jardim, etc.;
  • Geralmente, uma casa também tem mais vagas de garagem, já que você pode adaptar o espaço conforme a sua necessidade;
  • Autonomia e liberdade, porque você pode fazer o que desejar;
  • Menos preocupação com barulho, pois a construção da casa é independente, exceto se for uma casa conjugada;
  • Possibilidade de festejar quando quiser, sem necessidade de reservar um salão de festas ou avisar o síndico;
  • Privacidade, já que as áreas externas são de uso próprio e não compartilhado com vizinhos;
  • Maior possibilidade de fazer reformas para valorizar o imóvel;
  • Ter a possibilidade de alterar a fachada da propriedade.

Desvantagens de morar em casa

Apesar das vantagens, existem algumas desvantagens de morar em casa, confira a seguir quais são as principais:

  • Custo elevado, já que toda a manutenção e a conservação ficam por sua conta — em casos de aluguel, a depender da manutenção, o valor pode ser repassado ao proprietário;
  • Menos segurança. Por isso, é preciso investir em sistemas que aumentem a sua proteção.

Vantagens de morar em apartamento

Também existem vantagens de morar em apartamento. As principais são:

  • Segurança, já que o edifício pode ter portaria física ou virtual, câmeras de segurança, sistemas de alarme e mais;
  • Comodidades, porque as áreas comuns trazem conveniências como: salão de festas, piscina, manutenção, limpeza, reparos, reformas, etc.;
  • Vizinhança próxima, o que permite estabelecer vínculos e proximidade;
  • Praticidade, já que as áreas comuns são de responsabilidade do síndico, e não sua;
  • Economia, já que o custo para dar manutenção nas áreas externas do prédio é compartilhado entre todos os condôminos;
  • Acessibilidade, porque os prédios costumam ficar em localizações privilegiadas.

Desvantagens de morar em apartamento

Enquanto isso, as desvantagens de morar em apartamento são:

  • Regras que todos os moradores devem seguir;
  • Menos autonomia e privacidade, porque você convive com os vizinhos e pode até escutar o que acontece em outros apartamentos;
  • Espaço restrito, porque os ambientes costumam ser mais compactos.

Como escolher uma casa ou apartamento?

Confira agora o que você deve considerar na hora de fazer essa escolha:

Privacidade

Devido ao tipo de construção, os apartamentos podem dificultar a privacidade entre os vizinhos. Nesse tipo de imóvel, você pode sofrer com barulhos vindos do apartamento de cima e reformas na porta ao lado.

Entretanto, nem sempre as casas são as melhores soluções para o problema. Nas geminadas, em especial, o compartilhamento de paredes tende a facilitar a passagem de som, por exemplo. Já nas casas não geminadas, a privacidade é mais garantida. 

Localização

A localização também é um fator que você precisa considerar. Quem quer viver em grandes centros urbanos, pode ter dificuldade de encontrar uma casa para morar, pois nesses locais a oferta de apartamentos é maior. Além disso, nesses locais pode ser mais seguro viver em um apartamento. 

Já quem deseja morar em uma cidade pequena ou em um bairro mais afastado do centro de uma grande cidade, vai encontrar uma oferta maior de casas. 

Preço

O tipo de imóvel não é o único fator que compõe o preço de uma compra ou locação de casa, ou apartamento. De forma geral, dá para dizer que, quanto maior a metragem, mais caro será o custo para se viver ali.

Sendo assim, kitnets e studios tendem a ser mais acessíveis, enquanto que, para bancar casas grandes, duplex e coberturas, será preciso mais verba. Essa regra também vale para casa ou apartamento mobiliado para alugar.

Por outro lado, o preço total para locar um apartamento padrão pode ser equiparado ao aluguel de um sobrado de maior metragem. Isso pode acontecer quando o condomínio é incluído.

Manutenção

Geralmente, quem mora em uma casa precisa gastar mais dinheiro para fazer a manutenção do local, já que além de cuidar do espaço interno, também precisa manter a área externa. O morador desse tipo de residência também precisa empregar um tempo maior para cuidar da casa.

Já quem mora em apartamento só precisa cuidar da manutenção da sua própria unidade, pois o síndico do condomínio é o responsável por dar manutenção nas áreas externas. 

Moradores

Quem vai viver com você? É preciso que o imóvel seja funcional para todos os moradores. 

As escadas podem ser perigosas para idosos e bebês. Crianças e pets — que já somam 149,53 milhões no Brasil — vão adorar uma área externa. Enquanto isso, os adultos podem se beneficiar de áreas de lazer — dentro de casa, como uma varanda gourmet ou uma biblioteca — ou nos condomínios, como uma quadra de tênis. 

Segurança

Por terem portaria, sistema de monitoramento e, em alguns casos, seguranças, os condomínios de prédios e casas costumam ser mais seguros. 

Investimento

Se você procurar um imóvel para investir, seja fazendo melhorias para vendê-lo ou para alugar, você precisa considerar o mercado imobiliário da sua região.

Caso os moradores da sua cidade demonstrem mais interesse por apartamentos, pode ser uma boa opção investir nesses imóveis. Já se a procura por casas for maior na sua região, o investimento nesse tipo de propriedade pode ser mais indicado.

Contudo, na hora de fazer um investimento imobiliário é preciso considerar vários fatores, além de escolher uma casa ou apartamento, como tamanho da propriedade, localização e estado de conservação. 

Encontre sua nova casa ou apartamento no QuintoAndar

Depois de tantas informações, você com certeza está pronto para iniciar sua pesquisa e dar o próximo passo rumo à casa nova.Para essa nova etapa, conte com os recursos que o QuintoAndar oferece para tomar as melhores decisões na hora de escolher entre casa ou apartamento. Acesse o nosso site ou faça o download do nosso app e aproveite a sua jornada no mercado imobiliário com acesso às melhores condições.

2 a cada 3 imóveis são exclusivos. Seu novo lar está aqui
2 a cada 3 imóveis são exclusivos. Seu novo lar está aqui Quero alugar