Saber como escolher um condomínio é fundamental para quem deseja comprar um imóvel, seja para moradia própria, seja para investimento.

Isso porque, para além das características individuais do imóvel, a propriedade está vinculada às características e regras coletivas do condomínio, o que impacta diretamente na experiência e percepção de valor do morador.

Neste artigo, separamos 5 pontos importantes para observar em um condomínio se você deseja comprar um imóvel.

Navegue pelo conteúdo:

Antes de tudo, escolha um bom imóvel

Naturalmente, se você decide adquirir um imóvel em um condomínio, tanto a escolha de um como a de outro estarão atreladas.

Características como a localização, por exemplo, e tudo o que tange a ela – infraestrutura do bairro, segurança da região, proximidade com áreas de interesse, etc – embora respondam ao condomínio, também são fator determinante na escolha de um imóvel isolado.

O mesmo vale, por exemplo, para a área das unidades disponíveis no condomínio, já que a metragem de um imóvel é fundamental para determinar seu valor.

Em resumo, o primeiro passo e o mais óbvio para escolher um condomínio é que dentro dele tenha um imóvel que agrade ao comprador.

Neste texto, vamos focar nas características relativas apenas aos condomínios – e não aquelas que já devem ser observadas por quem vai adquirir qualquer imóvel.

Leia mais: Como escolher um apartamento?

5 pontos para se atentar antes de escolher um condomínio

Abaixo, listamos 5 características importantes em um condomínio que precisam ser olhadas com cuidado antes da compra de um imóvel:

1) Custos vinculados ao condomínio

Estar em um condomínio traz despesas, que geralmente são obrigatórias e não podem ser adiadas. Além disso, o condômino inadimplente está sujeito a uma série de sanções que podem culminar até mesmo no leilão da unidade para quitar as dívidas.

Além da taxa condominial mensal, custos extras podem surgir sem que necessariamente o condômino concorde com eles.

Por exemplo: você pode adiar a pintura de um imóvel isolado, mas se seu condomínio resolver pintar a fachada, você terá de colaborar, seja via taxa ou via fundo de reserva.

Dessa maneira, é importante se planejar, pesando a taxa condominial no orçamento e sabendo que, no futuro, podem surgir gastos imprevistos, como a execução de melhorias, a demissão de um funcionário ou a composição de um fundo.

Imóveis mais antigos, por outro lado, tendem a ter mais demandas de manutenção estrutural, o que pode acarretar mais custos.

Além disso, quanto menos unidades no condomínio, maiores tendem a ser as despesas, já que eles serão divididos por menos condôminos.

Tudo isso cria algumas distorções no mercado, como a existência de prédios com pouca infraestrutura, mas com alta manutenção e poucas unidades, o que faz o condomínio ficar caro.

Isso tende a até mesmo desvalorizar o imóvel para quem investe, já que o inquilino vai olhar o custo-benefício de todo o pacote, o que pode forçar o proprietário a baixar o aluguel.

No caso de uma venda, pode acontecer o mesmo, já que um comprador vai querer um desconto por um imóvel cuja taxa condominial seja cara por aquilo que é oferecido.

Mais de 150 mil imóveis; a sua história começa no QuintoAndar
Mais de 150 mil imóveis; a sua história começa no QuintoAndar Compre o seu

2) Infraestrutura do condomínio… e a economia que vem com ela

Assim como os custos, é fundamental avaliar o que o condomínio oferece em termos de infraestrutura.

Isso inclui áreas de lazer, como academia, piscina, salão de festas, quadra, playground, mas também comodidades como vagas de garagem, portaria 24h, sistema de recebimento de encomendas, entre outros.

No caso do morador, faz mais sentido avaliar o que se adapta à sua vida e às suas necessidades.

Já para quem investe, o ideal é pensar nas comodidades ideais para um potencial inquilino e comprador, sabendo que cada um deles pode ter gostos e necessidades diferentes.

Além disso, é importante avaliar que algumas das estruturas do condomínio podem trazer certa economia para o orçamento.

Por exemplo: se você tiver uma boa academia, pode deixar de pagar a mensalidade de uma. O mesmo vale para quem tem um salão de festas capaz de substituir o aluguel de um espaço de eventos.

Leia mais: Imóveis mais rentáveis possuem essas características

Anúncio grátis e proteção contra danos de até R$ 50 mil
Anúncio grátis e proteção contra danos de até R$ 50 mil Anunciar imóvel

3) Segurança

Embora esteja contida na infraestrutura, a segurança oferecida pelo condomínio deve ser destacada, já que esse é um dos seus principais atrativos.

Assim, é importante observar questões como:

  • Portaria 24h;
  • Ronda de segurança, a depender do tamanho do condomínio;
  • Muros de proteção;
  • Dispositivos como câmeras e alarmes;
  • Treinamento dos profissionais;
  • Protocolo de entrada e saída de moradores, visitantes e prestadores de serviço.

4) Regras do condomínio

Todo condomínio possui uma série de regras a serem respeitadas. E algumas delas podem impactar mais ou menos na vida dos moradores, dependendo das necessidades de cada um.

Um bom exemplo são as regras relacionadas a animais de estimação. Dependendo do condomínio, elas podem ser mais rígidas, com restrições à circulação ou mesmo imposição de penalidades relacionadas ao barulho ou sujeira.

Outro ponto de discórdia é a possibilidade de instalação de ar condicionado, que muitas vezes é vetada por questões estéticas ou estruturais.

5) Perfil dos moradores

Na mesma linha das regras, vale prestar atenção ao tipo de morador do condomínio e se isso se adequa ao perfil do comprador ou futuro inquilino.

Um condomínio com muitos jovens solteiros que vivem de aluguel, por exemplo, pode ser mais flexível com o barulho e menos preocupado com uma manutenção constante das áreas comuns. Já um espaço com muitas famílias proprietárias e com filhos tende a funcionar de outra maneira.

Escolha o condomínio ideal para você com o QuintoAndar

A prospecção de um bom condomínio começa logo na busca pelos imóveis do seu interesse. No QuintoAndar, é possível acessar a maior oferta de casas e apartamentos do país – e filtrá-los de acordo com as características desejadas.

Por meio da plataforma do QuintoAndar,você pode escolher atributos do imóvel, como valor, área e localização e também do condomínio, como a infraestrutura e o lazer.

Leia mais: Como encontrar um imóvel ideal no QuintoAndar

Após essa triagem inicial, é possível conhecer mais sobre o condomínio com uma visita com um especialista QuintoAndar, seja presencial ou online.

Nos dois casos, você pode marcar vários imóveis disponíveis dentro de um mesmo condomínio, otimizando seu tempo e tornando o processo de escolha mais simples e eficiente.

Alugar, comprar ou vender? Vem comparar no QuintoAndar
Alugar, comprar ou vender? Vem comparar no QuintoAndar Descubra agora