Saber como vender um imóvel por conta própria é uma tarefa relativamente complexa. Por isso, é preciso que você entenda que ter ajuda especializada é fundamental.

Se você está em busca de informações sobre como vender seu apartamento ou casa e não sabe por onde começar, dê uma olhada neste guia. Aqui, ensinamos como tornar todo processo muito mais fácil do início ao fim.

Navegue pelo conteúdo:

O que é preciso para vender um imóvel?

Para fazer um bom negócio e saber como vender um imóvel, é preciso avaliar o bem e saber seu valor atual. Você ainda deve tomar conta de outros detalhes, como a documentação. Além disso, é fundamental deixar a casa ou o apartamento bem atraente para o cliente. Por isso, algumas dicas válidas são:

  • Faça pequenas reformas para deixar o espaço pronto e agradável. Conserte itens quebrados, pinte as paredes e deixe tudo funcionando direitinho;
  • Organize os ambientes para facilitar uma boa primeira impressão. A ideia é passar uma imagem de aconchego e conforto;
  • Capriche nas fotos. Elas são o cartão de visitas do seu imóvel para atrair mais visitas e fechar o negócio com mais rapidez;
  • Faça uma boa descrição. Coloque detalhes sobre infraestrutura, orientação do imóvel, quantidade de quartos, proximidade do transporte público, funcionamento da portaria e dependências (em caso de condomínio) etc.;
  • Conte com uma ajuda especializada. Isso diminuirá muito a burocracia e facilitará todas as etapas de venda, especialmente, se envolver um financiamento imobiliário.

Como vender um imóvel por conta própria?

Para fazer uma venda por conta própria, é preciso divulgar o seu imóvel em redes sociais e plataformas especializadas. Além disso, é fundamental conhecer todos os detalhes da negociação para evitar a burocracia e facilitar o processo de financiamento imobiliário, se for o caso.

Também é preciso cuidado para vender um imóvel com segurança por conta própria e não cair em golpes na internet. Infelizmente, há muitos casos de pessoas que se aproveitam dessa situação para aplicar uma fraude. Te ensinamos como vender um imóvel com segurança e evitar isso no próximo tópico desse texto. 

Apesar de ser possível fazer esse processo sozinho, é mais fácil contar com a ajuda de especialistas. Por exemplo, você sabe como vender um imóvel que está financiado? Conhece todos os detalhes exigidos pela instituição financeira?

Caso você não conheça todos os detalhes, é provável que tenha problemas durante o processo. Assim, as etapas podem demorar muito mais do que o necessário. Ou seja, vale a pena saber como vender um imóvel mais rápido — e uma das melhores dicas é contar com a assessoria de uma equipe especializada.

Como vender um imóvel com segurança?

Como dissemos antes, saber como vender um imóvel com segurança é fundamental para não cair em nenhuma tentativa de golpe. Além disso, também ajuda a passar mais confiança a quem deseja comprar a sua propriedade. A seguir, separamos boas dicas de como vender um imóvel com segurança:

1. Para vender um imóvel com segurança é fundamental escolher uma boa imobiliária online

No mercado o que não faltam são empresas que auxiliam na venda da sua propriedade. Porém, a boa reputação da imobiliária escolhida vai ser muito decisiva se você deseja vender um imóvel com segurança. Afinal, o seu anúncio será divulgado e, naturalmente, associado a essa empresa. Por isso, opte por imobiliárias online que o seu público já conhece e confia – como é o caso do QuintoAndar, a maior plataforma de moradia da América Latina.

2. Verificar se a empresa tem registro é uma forma de garantir maior segurança ao vender um imóvel

Para confirmar que você escolheu uma imobiliária de confiança, é preciso averiguar se ela possui CRECI e CNPJ. Grave bem essas abreviaturas pois elas contribuem muito para vender um imóvel com segurança.

O CNPJ, aquela sigla que certamente você já ouviu dizer, é o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas. Ou seja, é um registro que toda empresa que está atuando de forma legalizada no Brasil tem.

Já o CRECI é mais específico do setor imobiliário, significa Conselho Regional de Corretores de Imóveis. Na prática é essa instituição que faz a regulamentação e também a fiscalização tanto das imobiliárias, como também das pessoas corretoras.

3. Vender um imóvel com segurança inclui cuidado ao passar as informações

Para quem busca vender um imóvel com segurança é preciso ser cauteloso quanto ao envio de informações. Tanto sobre a propriedade, quanto sobre você também. Afinal, obter dados é uma das estratégias de pessoas fraudulentas para efetivar um golpe virtual logo em seguida. Para evitar que isso ocorra e consiga vender um imóvel com segurança, tome muito cuidado para quem você envia tais informações. E, caso escolha pelo QuintoAndar, envie dados apenas usando o site ou aplicativo da plataforma.

4. Tenha segurança na hora de entregar as chaves ao vender um imóvel

Um ponto importante em como vender um imóvel com segurança é garantir que as chaves serão entregues a pessoas confiáveis. Afinal, elas dão acesso à sua propriedade, o que pode ser muito perigoso. Para tornar essa etapa mais segura, a dica é fazer a entrega das chaves apenas a pessoas que sejam credenciadas pela imobiliária.

Leia mais: 

Anuncie gratuitamente seu imóvel no QuintoAndar.
Anuncie gratuitamente seu imóvel no QuintoAndar. Saiba mais

Passo a passo de como vender um imóvel

É importante que você tenha o máximo de informações possíveis para passar aos interessados na compra. Por exemplo, é preciso entender como saber o valor de venda de um imóvel.

Leia também: Descubra o melhor preço para vender o seu imóvel

Ainda existem outros detalhes a observar. A seguir, criamos um passo a passo claro com tudo que você precisa saber sobre como vender um imóvel. Acompanhe!

Veja o passo a passo de como vender seu imóvel de forma fácil e prática

1. Organize os documentos do imóvel

Uma das maiores questões para quem quer saber como vender um imóvel está na documentação. Para negociar de forma mais rápida, é fundamental que os documentos estejam totalmente em dia. Afinal, se uma pessoa interessada aparecer e você não estiver com tudo isso pronto, pode acabar perdendo a venda. 

Por isso, siga as dicas abaixo:

  • Verifique se o imóvel tem pendências financeiras ou judiciais;
  • Veja se o seu IPTU está em dia;
  • Verifique se não há problemas com inventário;
  • Caso o imóvel esteja em um condomínio, em especial pra apartamentos, obtenha uma declaração de quitação condominial junto ao síndico ou à administradora.

Leia mais: O que é IPTU? Fizemos um raio-X com tudo o que você precisa saber sobre o imposto

Para vender o imóvel, você vai precisar da seguinte documentação pessoal:

  • Documento de identidade com CPF;
  • Certidão de Estado Civil;
  • Comprovante de endereço atualizado, com menos de 30 dias.

Caso tenha empresa em seu nome ou alguma participação como sócio, é preciso apresentar também:

  • Cartão CNPJ;
  • Cópia do Estatuto ou Contrato Social;
  • Alterações contratuais ou estatutárias;
  • Carta com a data da última modificação do estatuto ou do contrato do negócio.

Leia também: Quais são os documentos para a venda de imóvel?  

2. Faça um raio-x das características do imóvel

Faça um levantamento das principais características do seu imóvel, como: :

  • Metragem;
  • Número de quartos;
  • Reformas recentes;
  • Número de vagas de garagem;
  • Preço do condomínio;
  • Estrutura do condomínio;
  • Horários em que o sol bate no local;
  • Comércio e serviços na vizinhança. 

Leia também:  Anunciar imóvel grátis: saiba como e onde fazer para vender seu imóvel mais rápido

3. Calcule as reformas necessárias

Caso o seu imóvel esteja precisando de reparos, vale a pena você resolver todas as pendências antes mesmo de tirar as fotos para o anúncio. Lembre-se que problemas elétricos ou hidráulicos podem demandar algum nível de quebradeira.

Portanto, se possível, providencie essas obras o quanto antes. Isso pode ser um ponto positivo na hora da negociação. 

Além disso, preste atenção aos pequenos detalhes, como o estado de conservação de portas, janelas, esquadrias, maçanetas, pisos e armários embutidos, por exemplo. É fundamental que você deixe o seu imóvel da forma como você gostaria caso fosse comprá-lo.

4. Conheça os casos de isenção do Imposto de Renda

Ao vender seu apartamento ou casa, caso o valor seja maior do que o de compra, a Receita Federal entende que você teve um lucro imobiliário. Por isso,você pagará de imposto 15% sobre esse ganho de capital.

Porém, há quatro situações em que o imposto sobre venda de imóvel não é devido:

  • Quando o imóvel é vendido por um preço inferior ao que for comprado, o que significa prejuízo;
  • Se você comprar outro imóvel mais caro em até 6 meses (180 dias) após a venda do antigo;
  • Caso você não tenha vendido nenhum outro imóvel de até R$ 400 mil nos últimos cinco anos;
  • Se o imóvel foi adquirido antes de 1969.

Leia também: 

5. Saiba se é possível vender um imóvel com usufruto

Antes de mais nada, é preciso entender o que é o usufruto. Nesse caso, o bem é passado, de forma legal, para outra pessoa via doação. Mas o doador permanece com o direito de propriedade de maneira indeterminada. Esse tipo de acordo, por sinal, precisa ser registrado na matrícula de imóvel.

No usufruto, há dois agentes envolvidos:

  • Nu-proprietário: o verdadeiro dono do imóvel;
  • Usufrutuário: é a pessoa que utiliza o imóvel e, inclusive, pode receber frutos por ele, como o aluguel.

Porém, em resposta à pergunta do tópico, um imóvel com usufruto não pode ser vendido. Da mesma forma que o usufrutuário não pode vender o bem, por não ser efetivamente o dono, o nu-proprietário também não pode. Isso porque a venda implica na transferência do domínio que, dentro dessa relação, pertence a quem mora no local.

Agora, se você quer saber quando é possível vender um imóvel com usufruto, precisa primeiro fazer a extinção do acordo. A partir disso, o bem pode ser negociado normalmente.

6. Faça uma estimativa do valor do metro quadrado na região

Este é um ponto crucial para vender imóvel rápido. E, aqui, é importante que você tenha total consciência de que estipular um preço muito acima do valor real de mercado pode ser um grande dificultador para o negócio.

Para estipular o preço do seu imóvel, pesquise opções semelhantes e na mesma região. De preferência, na mesma rua. Você pode fazer uma estimativa usando o valor do metro quadrado nos arredores. 

Por exemplo: você encontrou um anúncio de um imóvel similar na sua rua, de 50 m² e pelo valor de R$ 400 mil. Isso significa que o valor do metro quadrado é de R$ 8 mil (R$ 400 mil dividido por 50). Se o seu apartamento tem 80 m², para chegar a um valor aproximado, basta multiplicar R$ 8 mil por 80, o que daria R$ 640 mil.

É importante levar em consideração a conservação do seu imóvel, o número de dormitórios e as características importantes em caso de condomínios. Por exemplo, área de lazer, salão de festa, piscina, vagas de garagem, entre outros.

7. Calcule o valor do seu imóvel

Além de ser a maior imobiliária digital do Brasil, o QuintoAndar é a maior proptech da América Latina. Ou seja, a principal empresa do ramo de tecnologia voltada para soluções do mercado imobiliário.

O QuintoAndar criou uma calculadora do valor de venda que, a partir do histórico de imóveis parecidos com o seu e que já foram vendidos, gera uma margem de quanto cobrar. Dessa forma, você tem como vender um imóvel mais rapidamente e por um preço justo.

Mas é fundamental que você tenha em mente que o valor que você escolher, muito provavelmente, não será o valor de fechamento da venda. Afinal, é preciso sempre levar em consideração que os interessados vão querer negociar.

8. Faça anúncios e tire fotos do imóvel

Na plataforma digital do QuintoAndar é possível anunciar imóvel grátis. E para ficar mais atrativo, um ponto fundamental é ter boas fotos do imóvel. 

O QuintoAndar manda um fotógrafo especialista ao local para registrar as imagens. Não apenas com fotos, mas também em vídeo.

Além disso, uma vez que o anúncio vai ao ar, você recebe propostas de possíveis compradores realmente interessados. Toda a negociação é administrada por um corretor de imóveis do time de consultoria imobiliária da empresa.

9. Aceite visitas

Os interessados no seu imóvel poderão agendar as visitas diretamente pelo site ou pelo aplicativo do QuintoAndar. E serão acompanhados ao local pelos corretores parceiros, que apresentarão o imóvel e prestarão uma consultoria aos potenciais compradores. 

Além disso, ajudam com mais informações e detalhes sobre o imóvel, o bairro e sobre o proprietário. Ainda tiram dúvidas, inclusive sobre o modelo da imobiliária digital.

10. Coloque à venda no QuintoAndar

Como vender um imóvel pelo QuintoAndar? É prático e simples. A negociação entre você e o comprador é intermediada pela imobiliária digital. Assim, você segue com mais confiança e consegue vender um imóvel com segurança, além de orientações sobre o que fazer para vender, até o dinheiro cair na sua conta. Veja os principais passos:

  1. Sessão de fotos do imóvel;
  2. Confecção do anúncio;
  3. Aprovação da proposta junto ao comprador; 
  4. Assinatura online do Compromisso de Compra e Venda, de forma rápida e segura, por você e pelo comprador;
  5. Após receber o sinal, o QuintoAndar verifica os documentos do imóvel e do comprador, sem custos adicionais, para garantir que vai dar tudo certo com a venda;
  6. Conte com a orientação de nossos consultores quando precisar e também com nosso Manual de Pós-Venda QuintoAndar para saber de todos os próximos passos e o que você precisa fazer em cada etapa para finalizar a compra do seu imóvel mais rápido. Clique aqui para baixar o Manual de Pós-Venda QuintoAndar!

Anuncie grátis para mais de 50 mil pessoas todos os dias.
Anuncie grátis para mais de 50 mil pessoas todos os dias. Crie seu anúncio agora

Depois que a transação estiver completa e registrada na matrícula de imóvel, você já recebe o valor da venda.Gostou e quer saber como vender o seu imóvel? Acesse o site do QuintoAndar e aproveite para ter toda a consultoria imobiliária para vender com rapidez e segurança.