Na compra de uma casa ou apartamento, além do valor que você paga pelo bem – seja à vista ou financiado –, sempre há alguns novos custos de cartório para compra de imóvel. 

Por isso, uma vez que a realização do sonho da casa própria demanda uma boa disciplina financeira, é importante ter em mente que esse planejamento dos custos de comprar um imóvel precisa sempre levar em conta algum valor a mais. Geralmente, esse excedente pode girar em torno de 4% a 8% do valor do imóvel.

Para saber o quanto você gastaria a mais na compra de um imóvel, é preciso ter em mente algumas variáveis. E a principal delas é se a compra será à vista ou financiada. 

No QuintoAndar, você consegue saber todas as estimativas dos custos da compra do seu novo lar, sem informações escondidas. As estimativas com gastos extras já são discriminadas nos anúncios dos imóveis. 

Desse modo, para te ajudar a entender sobre os custos de cartório e como se planejar financeiramente para eles ao comprar um imóvel, abaixo separamos um conteúdo completo!

Custos de comprar um imóvel financiado

Além dos custos já conhecidos do financiamento como juros e correção monetária, existem as cobranças feitas pelo cartório para documentação, registros, escritura e o famoso ITBI.

Assim, esses custos podem variar de acordo com o tipo de financiamento imobiliário, instituição financeira e as condições impostas no contrato de solicitação de crédito. 

Ou seja, é preciso ficar atento a essas cobranças para se planejar financeiramente.

Veja, por exemplo, as estimativas de valores extras para um imóvel financiado de R$ 500.000, anunciado no QuintoAndar e localizado no Rio de Janeiro:

Imposto / TaxaValor
Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)R$ 15.000,00
Registros em cartórioR$ 1.858,00
Avaliação bancáriaR$ 3.420,00
TotalR$ 20.278,00 (4,06% do valor do imóvel)

Veja na imagem como o QuintoAndar apresenta esses valores em seus anúncios de imóveis:

Imagem detalha como o QuintoAndar mostra as taxas e impostos na compra de imóvel

Além disso, outro item obrigatório do financiamento imobiliário é o seguro do imóvel. Assim, o valor do seguro é sempre proporcional ao valor total da quantia que foi financiado. 

Ou seja, ele não tem um valor fixo, pois vai depender de quanto você vai financiar. Mas esse percentual costuma ficar em torno de 2,5% a 5% do valor do financiamento e depende também de qual segurado você vai escolher.

Vale lembrar que cada instituição financeira trabalha com várias seguradoras, assim, antes de fechar o seguro, pergunte quais seguradas o banco oferece para fazer negócio. 

Dessa forma, o valor do seguro é incluído no valor das parcelas e os bancos podem cobrá-lo de diferentes formas, mas essa taxa deve sempre estar incluída no Custo Efetivo Total (CET) do financiamento.

O seguro obrigatório do imóvel garante que, em caso de óbito do titular do financiamento, o banco vai arcar com o restante do financiamento, quitando assim, o imóvel.

Veja também: Passo a passo de como financiar um imóvel

Custos de comprar um imóvel à vista

Veja as estimativas de valores extras para o mesmo imóvel de R$ 580.000 para compra à vista, anunciado no QuintoAndar e localizado no Rio de Janeiro:

Imposto / TaxaValor
Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)R$ 15.000,00
Registros em cartórioR$ 1.938,00
EscrituraR$ 1.933,00
TotalR$ 18.871,00 (3,77% do valor do imóvel)

Veja na imagem como o QuintoAndar apresenta esses valores em seus anúncios de imóveis:

Imagem detalha como o QuintoAndar mostra as taxas e impostos na compra de imóvel

Principais custos da compra de um imóvel

Abaixo, vamos te explicar cada um dos custos que permeiam a compra de um imóvel. Confira! 

ITBI

O Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é uma tributação gerada e cobrada pelo município onde o imóvel está localizado no momento de uma transação de compra e venda. 

O valor dele varia de cidade para cidade, mas normalmente fica entre 2% e 4% do valor do bem. 

Leia mais neste artigo: ITBI: tudo que você precisa saber sobre o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis.

Escritura Pública

Elaborada pelo Cartório de Notas, a escritura de imóvel é outro valor extra que deve entrar nos custos de comprar um imóvel. É o documento que comprova a transferência do imóvel de um proprietário para o  outro. 

Ela é necessária apenas no caso de compra à vista, uma vez que, na compra financiada, o contrato de financiamento bancário equivale à escritura.

O valor da escritura pública é tabelado. E varia de acordo com o estado e valor do imóvel.  

Registros

Fazer o registro de imóvel é o ato de declarar quem é o proprietário formal e legal do imóvel. E, ainda, se a propriedade deste bem está sendo transmitida para outra pessoa. 

É feito no Cartório de Registro de Imóveis, onde são registrados um desses dois documentos: Escritura Pública de Compra e Venda (em caso de compra à vista) ou Contrato de Financiamento do imóvel (em compra financiada).

Apenas com esses documentos em mãos, assim como o comprovante do pagamento do ITBI, o registro do imóvel poderá ser feito. O valor varia de acordo com o estado onde o imóvel está localizado. A taxa extra costuma ficar abaixo de 1% do total do bem. 

E, além de já aparecer nos anúncios do QuintoAndar, também pode ser consultado aqui

Avaliação bancária

A avaliação bancária é cobrada pelos bancos, nos casos de imóveis comprados por financiamento. O custo é referente à vistoria do bem e de toda a documentação necessária para liberação do crédito imobiliário. Esse valor varia de acordo com a instituição.

Dessa forma, a avaliação é realizada por peritos da instituição e a taxa para a vistoria sai em torno de 3 mil a 4 mil reais, dependendo do banco. Além disso, a taxa de avaliação do imóvel é obrigatória e não pode ser parcelada, então é importante ter esse valor à vista ao dar entrada no financiamento. 

É importante lembrar que os custos descritos aqui são apenas as taxas para regularização do imóvel. Mas é fundamental que você também se prepare financeiramente para eventuais gastos com reformas, mudanças e outras questões mais práticas em relação à moradia na sua casa nova.

A compra da casa própria é o sonho de muitos. Conhecendo esses potenciais custos de cartório para compra de imóvel, e com um bom planejamento financeiro, é um sonho possível de ser realizado.

Outros possíveis gastos que você pode ter ao comprar um imóvel

Como falamos acima, existem alguns “gastos implícitos” em todo o processo de compra de um imóvel, seja ela financiado ou à vista. Assim, é preciso ficar atento a esses gastos extras que vão da taxa de corretagem a mudança para o seu novo lar.

Abaixo separamos os principais. Confira! 

Taxa de Corretagem

Conhecida como custo por intermediação ou comissão do seu corretor, a taxa de corretagem é o valor que você paga pelo serviço do corretor de imóveis. 

Desse modo, o valor varia de acordo com o tipo de imóvel, região que ele está localizado e também a empresa que o corretor trabalha.

Entretanto, o valor cobrado costuma ser entre 5% e 6% sobre o valor total do imóvel. 

Além disso, você deve saber que: 

  • É seu direito como comprador saber qual é o valor da taxa de corretagem antes de começar as negociações; 
  • Geralmente a taxa é cobrada quando se vai pagar o valor da entrada do imóvel e não pode ser parcelada, a não ser que o parcelamento esteja previsto em contrato com a imobiliária;
  • O pagamento pode ser feito direto ao corretor, sem passar pelo proprietário do imóvel. Ou o comprador pode repassar o valor da corretagem e da entrada ao proprietário, e ele faz o pagamento da porcentagem do corretor; 
  • Para conferir se o valor da taxa de corretagem é justo, acesse o site do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do seu estado e verifique na tabela disponível no site quais os percentuais mais comuns de cada tipo de imóvel.

Confira as documentações do imóvel e do proprietário

Quando você compra um imóvel e há dívidas atreladas a ele, diretamente, a dívida vai para você. Chamadas de Propter Rem, essas dívidas são do imóvel, mas o titular dele responde a elas.

Por isso, antes de fechar qualquer negociação, consulte as documentações do imóvel e também do proprietário. Peça ao proprietário primeiramente e, se ele não tiver, ou alegar não saber das documentações, procure o cartório que o imóvel foi registrado.

Observe o imóvel durante as visitas

Visitar o imóvel que é ideal para você conhecer o local e se apaixonar pelo seu novo lar. 

Entretanto, é importante aproveitar esses momentos para observar os “defeitos” também, principalmente se for revenda.

Quando o imóvel é novo, e você é o primeiro dono, o acabamento e a estrutura estão 100%. 

Já em casos de revenda, fique de olho se existe alguma infiltração, o estado da pintura, dos pisos, das janelas e afins.

Isso porque, quando a negociação for fechada e você se mudar, esses pequenos reparos terão que sair do seu bolso e isso pode ficar caro. 

Para verificar se está tudo em ordem, peça a um engenheiro ou empreiteiro para olhar o imóvel e confirmar se ele está em boas condições. 

Custos com a preparação do imóvel

Outros gastos implícitos com a compra de um imóvel são os de preparação do seu novo lar. Ou seja, você terá gastos com: mudança, móveis novos, decoração, reformas e acabamentos, por exemplo.

Por isso, um planejamento financeiro é muito importante, pois você terá que pagar a parcela do financiamento, então não poderá esbanjar nesses outros gastos.

Desse modo, planeje todos esses custos e considere até mesmo a troca de uma torneira do banheiro. Coloque tudo isso no papel e faça as contas para não se endividar. 

Encontre o imóvel dos seus sonhos no QuintoAndar

No QuintoAndar, você encontra opções de casas e apartamentos para comprar em mais de 40 cidades brasileiras. E com as informações disponibilizadas nos anúncios, fica mais fácil de se programar para saber qual será o valor de entrada que você pode dar e se a estimativa de taxa é o que você procura. Além disso, ali você ainda pode aproveitar a oportunidade de entrar no mercado imobiliário e fazer renda com aluguéis já sabendo quando pode cobrar por mês!

Encontre um cantinho só seu e saiba desde o começo quanto vai gastar.
Encontre um cantinho só seu e saiba desde o começo quanto vai gastar. Comece agora