Conquistar a casa própria faz parte dos sonhos de milhares de brasileiros. E é justamente nesse cenário que o financiamento imobiliário aparece como uma alternativa eficaz para quem quer tirar esse objetivo do papel. Todavia, as exigências de comprovação de renda e estabilidade financeira podem levantar a seguinte dúvida: será que desempregado pode financiar imóvel pela Caixa Econômica Federal? 

Embora tenha iniciativas mais acessíveis para uma parcela da população, um dos principais critérios da Caixa para a liberação de crédito é a comprovação de renda. Essa é a determinação que irá assegurar que o comprador tem capacidade de arcar com as parcelas da compra do imóvel ao longo do tempo. 

Assim, isso significa que a ausência de uma renda formal pode ser um obstáculo para quem está desempregado. Se você quer saber mais sobre o assunto, continue a leitura deste artigo para descobrir se desempregado pode financiar um imóvel pela Caixa. 

Navegue pelo conteúdo:

As melhores taxas do mercado para financiar seu imóvel
As melhores taxas do mercado para financiar seu imóvel Quero financiar

Leia também: Adeus dívidas! Aprenda como quitar seu financiamento e comece a planejar seu futuro

Desempregado pode financiar imóvel pela Caixa Econômica?

Imagem de uma mulher sentada em uma mesa com um computador de um lado e papéis de outro fazendo contas no celular para ilustrar matéria para responder à dúvida se quem não tem emprego pode financiar imóvel pela Caixa
A Caixa oferece diversas modalidades de crédito para financiamento imobiliário

Se você está se perguntando se desempregado pode financiar imóvel pela Caixa, a resposta é: depende. 

Acontece que a Caixa Econômica Federal é a principal instituição financeira do país quando se trata de financiamentos habitacionais. Nesse sentido, em todas as modalidades de crédito disponibilizadas – exceto a faixa 1 do Programa Minha Casa, Minha Vida; onde não há análise de risco – são exigidos documentos que comprovem a renda e a capacidade de pagamento do solicitante. 

Assim, além da obrigatoriedade de ter mais de 18 anos ou ser emancipado com 16 completos; ser brasileiro ou ter visto permanente, se estrangeiro; e não ter restrição de crédito; outras duas exigências básicas da Caixa são:

  • Possuir capacidade de pagamento;
  • A prestação não pode ser maior que 30% da renda familiar mensal bruta.

Isso significa que, de modo geral, quem está desempregado e não consegue comprovar renda estável não poderá financiar um imóvel pela Caixa – já que a instituição analisa todos os documentos para avaliar a liberação, ou não, do crédito. 

Como um desempregado pode financiar imóvel pela Caixa?

Agora que você sabe os pré-requisitos exigidos pela Caixa, aqui vai uma alternativa:

Quem não tem um emprego formal ainda pode ter a solicitação de crédito aprovada pela Caixa Econômica. Para isso, basta conseguir comprovar renda de outras formas. 

Ou seja, embora esteja em situação de desemprego de trabalhos formais, pessoas que possuem outras fontes de renda, como de investimentos, aluguéis ou trabalhos autônomos, por exemplo, podem usar esses rendimentos para conquistar a casa própria. 

Nesse sentido, o solicitante poderá apresentar os seguintes documentos na hora da solicitação de financiamento:

  • Extrato bancário: é um relatório que comprova as transações financeiras na conta. O extrato deve ser referente aos últimos 6 meses;
  • Comprovante anual de Imposto de Renda;
  • Demonstrativo mensal do Carnê-Leão: usado para pagar impostos sobre atividades de pessoas físicas;
  • Registro de constituição da empresa: documento que comprova a abertura de uma empresa ou microempresa;
  • Receita anual da empresa: indicando o volume de transações do empreendimento autônomo ao longo do ano;
  • Declaração Anual do Imposto de Renda: neste contexto, o IR da pessoa física, ou seja, do autônomo, valida o rendimento do ano anterior.
  • Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore): formulário elaborado por um contador, utilizado para certificar a renda de profissionais sem CNPJ. 
Mais de 150 mil imóveis; a sua história começa no QuintoAndar
Mais de 150 mil imóveis; a sua história começa no QuintoAndar Compre o seu

Você também pode querer saber: Quer realizar o sonho da casa própria? Descubra qual score ideal para financiamento de imóvel

Quem não tem renda pode financiar um imóvel?

magem de um casal composto por um homem e uma mulher se abraçando com semblantes felizes e segurando a chave de uma casa para ilustrar matéria para responder à dúvida se quem não tem renda pode financiar um imóvel pela Caixa
O financiamento imobiliário é como um empréstimo, onde o solicitante deve pagar um montante todo mês para arcar com o valor do bem adquirido

autônomos, aluguéis ou investimentos, a verdade é que será quase impossível conseguir a liberação do financiamento imobiliário pela Caixa Econômica. 

Afinal, a instituição bancária exige comprovação de capacidade de pagamento – que pode ser feita via extrato bancário dos últimos seis meses, receita anual de empresa ou até mesmo declaração anual do imposto de renda, por exemplo. 

Para esses tipos de caso, a solução pode estar em programas habitacionais, como o Minha Casa, Minha Vida (rebatizado de Casa Verde e Amarela). Aqui, além da determinação das faixas de renda, também não existe renda mínima para conseguir o crédito. 

Essas são as faixas do programa Minha Casa, Minha Vida:

Renda familiar urbana:

  • Faixa 1: famílias com renda bruta de até R$ 2.640;
  • Faixa 2: renda bruta familiar mensal de R$ 2.640,01 a R$ 4.400; 
  • Faixa 3: renda bruta familiar mensal de R$ 4.400,01 a R$ 8.000.

Renda familiar rural:

  • Faixa 1: famílias com renda bruta de até R$ 31.680; 
  • Faixa 2: renda bruta familiar anual de R$ 31.680,01 até R$ 52.800; e
  • Faixa 3: renda bruta familiar anual de R$ 52.800,01 até R$ 96.000.

Saiba mais: Minha Casa, Minha Vida: guia completo para realizar o sonho da casa própria

Quem não tem carteira assinada pode financiar um imóvel pela Caixa?

Imagem de uma mulher sentada em um sofá olhando para alguns papéis em cima da mesa de centro enquanto faz cálculos no celular para ilustrar matéria que responda à dúvida se quem não tem carteira assinada pode financiar um imóvel pela Caixa
Quem não tem carteira assinada pode apresentar outros documentos de comprovação de renda para tentar a liberação do crédito imobiliário

Aqui, a resposta também é: depende. Afinal, hoje em dia diversas instituições financeiras – incluindo a Caixa – disponibilizam opções de financiamento que se adaptam à situação financeira dos compradores. Entre elas, está a que contempla pessoas que não têm carteira assinada. 

Nesse sentido, para conseguir a liberação do crédito mesmo sem ter carteira assinada e um vínculo empregatício formal, basta que o solicitante consiga comprovar a capacidade de pagamento de outras formas. Assim, vale tanto a renda de atividades autônomas quanto os ganhos com aluguéis ou investimentos, por exemplo. 

A Caixa pode aceitar essas comprovações dependendo da consistência e regularidade dos valores apresentados.

Leia mais: Não tenho carteira assinada, posso financiar um imóvel na Caixa?

Tenho um financiamento da Caixa e fiquei desempregado, e agora?

Imagem de um casal composto por um homem e uma mulher analisando algumas contas dispostas em cima de uma mesa para ilustrar matéria sobre tenho financiamento e fiquei desempregado, o que fazer?
O seguro desemprego da Caixa está sujeito a análise e resulta em aumento do saldo devedor

Perder o emprego enquanto ainda possui um financiamento imobiliário ativo pode ser uma situação estressante e preocupante. Dessa forma, a primeira ação a ser tomada após a perda do emprego é fazer uma avaliação da sua situação financeira. Isso inclui:

  • Revisão de gastos: faça uma análise de todos os seus gastos mensais e identifique onde é possível cortar despesas;
  • Recursos: verifique suas economias, fundos de emergência e até mesmo o FGTS para determinar valores que podem ser utilizados para cobrir as despesas durante o período do desemprego.

Em seguida, você deverá entrar em contato com a Caixa para informar sua situação. Nesse caso, a instituição financeira poderá apresentar soluções como renegociação da dívida – como extensão do prazo de pagamento ou redução temporária do valor das parcelas -, bem como utilização do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), se houver. 

Por fim, verifique a possibilidade de aderir ao Pausa Seguro-Desemprego, uma alternativa da Caixa que pausa o pagamento do valor cheio das prestações. O seguro é válido para contratos em dia ou aqueles com atraso de até 60 dias limitado a 2 prestações em atraso. 

Nesse sentido, o seguro possibilita a suspensão do pagamento por 6 meses e pode ser solicitado pelos telefones:

  • 4004-0104 (capitais);
  • 0800 104 0104 (demais cidades).

Encontre as melhores taxas para financiar seu imóvel

Agora que você sabe se desempregado pode financiar imóvel pela Caixa, que tal contar com todo o suporte do QuintoAndar para encontrar a casa ou apartamento dos seus sonhos sem burocracia?

Afinal, quem faz compra financiada na maior plataforma de moradia da América Latina acessa uma equipe de especialistas que ajudam a agilizar o processo e encontrar as melhores taxas do mercado. 

Compre o imóvel e saiba tudo sobre o andamento do financiamento
Compre o imóvel e saiba tudo sobre o andamento do financiamento Quero financiar

Além de poder usar mais de 70 filtros de pesquisa para otimizar a busca pelo imóvel que mais combina com a sua rotina, você ainda pode acessar o simulador de financiamento para descobrir o valor ideal do seu imóvel com base na sua renda. Aproveite!