Chegar em casa após um dia exaustivo de trabalho e se deparar com tudo arrumado e as roupas de cama e toalhas limpas dá uma sensação de alívio, não é? Pois esse tipo de comodidade não é um privilégio apenas para quem se hospeda em um hotel. Você sabe o que é flat? Pois neste artigo, vamos falar sobre como é o dia a dia de quem mora em um imóvel desse tipo, que mistura características de um imóvel padrão com serviços típicos da hotelaria.

Navegue pelo conteúdo:

O que é flat?

Flat é um tipo de imóvel que começou a se popularizar entre os anos de 1970 e 1980, inspirado na ideia dos serviços de hotelaria, em que os serviços de um hotel comum ficam disponíveis tanto para hóspedes quanto para moradores que desejavam permanecer por uma estadia mais longa.

O que também contribuiu para isso foi a presença de cômodos como cozinha privativa e suítes nesses imóveis, o que servia para que os chamados flats ganhassem mais cara de lar do que simples quartos de hotel. 

Agora, com o conceito cada vez mais modernizado, a moradia chega a oferecer diversos tipos de serviços e outras comodidades, como: 

  • Limpeza
  • Segurança
  • Lavanderia
  • Camareira
  • Restaurante
  • Área de lazer
  • Sauna
  • Playground
  • Piscina
  • Academia
  • Quadra poliesportiva
  • Churrasqueira
  • Espaço gourmet
  • Salão de festas
  • Wi-fi
  • Frigobar ou geladeira
  • Mobília
  • Ar-condicionado
  • TV por assinatura
  • Manobrista
  • Recepção e portaria 24 horas

Vale a pena morar em um flat?

Para entender se vale a pena morar em um flat, o ideal é ter uma ideia do quanto você deseja investir, quais são suas principais necessidades e como administrá-las em sua rotina. Por isso, vale a pena se perguntar:

  • Você mora só?
  • Tem uma rotina bastante movimentada e pouco tempo para cuidar de casa? 
  • Ficará por um tempo em um lugar e está em busca de algo mais temporário, mas sem abrir mão do conforto de casa? 

Se você se enquadra nesses perfis, o flat pode ser uma das suas opções.

Alugar, comprar ou vender? Vem comparar no QuintoAndar
Alugar, comprar ou vender? Vem comparar no QuintoAndar Descubra agora

Qual é o tamanho de um flat?

Para saber o que é flat é fundamental entender que se tratam de imóveis sem um padrão específico em termos de tamanho. A área e a disposição dos cômodos podem variar para cada proposta. 

Área útil 

Para compreender melhor, vale a pena conhecer o conceito de área útil, que consiste no espaço privativo dentro do imóvel. Ou seja, o equivalente à soma de cada parte dos ambientes internos. Nessa conta, as medidas das varandas, garagens e áreas comuns do condomínio não são incluídas.

Dependendo do que está buscando, você pode encontrar flats de um a dois dormitórios que vão de 25m2 a 65m2 de área útil. 

Da mesma forma, os apartamentos flats mais espaçosos, como coberturas ou três dormitórios, podem contar, em média, com até 120m2

E assim como no caso de apartamentos padrão, os valores devem variar conforme o tamanho do imóvel, localização e os serviços que poderão ser utilizados no dia a dia.

Qual a diferença entre flat e apartamento?

Uma das dúvidas de quem procura saber o que é flat é sobre o que diferencia esse tipo de imóvel de um apartamento comum, por exemplo. 

E nem sempre é fácil diferenciarmos um do outro, até porque as características físicas de área útil dos imóveis podem se assemelhar a diversas moradias padrão, desde dormitórios menores até lofts espaçosos.

Já a diferença entre flat e loft, por exemplo, fica por conta da divisão dos cômodos, uma vez que os lofts integram a maior parte dos ambientes, assim como as kitnets.

Por conta disso, a diferença do flat entre outros tipos de imóveis, mais do que a estrutura física, se dá pelos serviços “hoteleiros” que geralmente são oferecidos por seus condomínios – conhecidos também como apart-hotéis ou hotel residence.

Como funciona um flat?

Uma das vantagens de se tornar proprietário de um flat é poder contar com os serviços da administração e também com a regência de normas hoteleiras. Como assim? Calma que nós já vamos explicar.

Pool de locação

Como proprietário, você pode ter a opção de disponibilizar seu imóvel para o chamado “pool de locação”, um sistema de associação de proprietários que, junto a uma empresa de administração hoteleira, disponibiliza seus flats para serem alugados. 

Dessa maneira, dá para ficar livre de algumas preocupações, como:

  • Gestão comercial do imóvel;
  • Manutenção do imóvel;
  • Lei do Inquilinato;
  • Busca por novos hóspedes;
  • Cobranças das diárias, etc.

Mas se for o caso de optar por administrar pessoalmente a locação, saiba que o flat ficará de fora do sistema, chamando a unidade “fora do pool”.

Quanto custa um flat?

Como vimos anteriormente, o flat, apesar das características dos serviços hoteleiros, não se diferencia muito de um imóvel padrão. E isso também vale para os custos de investimento, que podem variar conforme o tamanho da unidade, assim como de sua localização. Mesmo porque, nesse último caso, a boa localidade que, em geral, os flats têm costuma atrair o perfil de investidores com um estilo de vida executivo.

O que pode incrementar o valor do flat são os serviços utilizados no dia a dia. Assim, dependendo da frequência, eles podem aumentar a mensalidade do imóvel, fazendo com que o custo de vida no apart-hotel seja maior que em um apartamento padrão.

Em alguns casos, existe ainda a possibilidade de optar por pagar somente os serviços que forem utilizados. Assim, se você desejar usufruir de restaurante, manobrista e limpeza, saiba que os custos poderão estar inclusos na taxa de condomínio somente quando houver uso.

Outro ponto é que o flat costuma ter um custo mais em conta que uma diária de hotel, para quem vai alugar apenas por uma temporada, além de também poder estar abaixo do valor de compra de um apartamento comum.

Qual é o benefício de morar em um flat?

Com tudo o que vimos até aqui, já deu para ter uma noção sobre o que é flat e quais são os benefícios de se morar em um imóvel desse tipo, não é mesmo? 

Basicamente, vale a pena para quem busca:

  • Conforto;
  • Privacidade;
  • Boa localização;
  • Segurança;
  • Bem-estar.

Sem dúvidas, os serviços hoteleiros proporcionam diferenciais na qualidade de vida, além de serem ótimos para pessoas com dias muito corridos. Inclusive, vale lembrar que quem mora em flat não precisa se preocupar com as formalidades burocráticas de um hotel, nem com horários específicos para solicitar alguns de seus serviços.

A melhor forma de morar

Seja onde for e o tipo de imóvel que você escolhe para morar, o mais importante de tudo é que você se sinta em casa. E o QuintoAndar trabalha para proporcionar isso a seus clientes, tanto para aqueles que alugam imóveis conosco quanto para os que compram. 

Para avaliar se você deve morar em um flat, o ideal é entender as necessidades básicas da sua rotina e ver se os custos delas compensam em relação aos de viver em um imóvel padrão.

E para buscar um imóvel padrão para morar, não deixe acessar o site ou app do QuintoAndar para conferir os melhores apartamentos e casas disponíveis para você, no local e com as características que você desejar. 

Para isso, navegue pelo mapa, use os nossos mais de 70 filtros de busca e encontre o seu próximo lar!