Ao procurar uma casa ou um apartamento para alugar, você precisa estar com tudo pronto para oferecer algumas garantias à pessoa que é dona do imóvel. E uma das modalidades mais tradicionais do mercado é o seguro fiança.

Neste artigo, vamos trazer tudo o que você precisa saber sobre seguro fiança e como esse tipo de serviço pode te ajudar ao alugar um imóvel.

Navegue pelo conteúdo

O que é seguro fiança?

É uma forma de garantia que o mercado imobiliário encontrou como alternativa ao fiador de aluguel e ao depósito caução. 

Ele serve como uma forma de garantir que o proprietário de um imóvel, ou locador, não será prejudicado em caso de inadimplência (falta de pagamento do aluguel) por parte do inquilino, ou locatário.

Alugue sem complicação e sem fiador.
Alugue sem complicação e sem fiador. Encontre seu próximo lar

Seguro fiança: Como funciona?

O locatário contrata o seguro fiança caso seja uma das exigências do locador como garantia para alugar seu imóvel. 

Essa modalidade de garantia pode ter diferentes tipos de cobertura. A mais básica diz respeito apenas à cobertura de inadimplência por parte do inquilino. Mas as seguradoras trabalham com planos mais amplos, que podem cobrir outros custos de moradia, como:

  • IPTU;
  • Taxa de condomínio;
  • Contas de consumo de serviços essenciais, como luz, água e gás;
  • Danos ao imóvel;
  • Multa por quebra de contrato de aluguel de imóvel.

Leia também: Saiba como funciona a rescisão de contrato de aluguel

Onde fazer um seguro fiança?

Os principais bancos e as corretoras de seguros em geral são as empresas que oferecem o serviço do seguro fiança. Caso você tenha necessidade de contratar esse tipo de serviço, o ideal é procurar um corretor de seguros, da mesma forma como se faz com seguros de automóveis ou com planos de saúde.

Seguro fiança: Documentação

Para fazer um seguro fiança, o locatário geralmente precisa, além de preencher uma ficha cadastral, apresentar uma documentação padrão de qualquer análise de crédito, como:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Declaração de Imposto de Renda;
  • Extratos bancários dos últimos três meses ou holerites e cópia da Carteira de Trabalho, em caso de empregado registrado.

Você também pode se interessar: Imposto de Renda 2022 – Conheça as novidades para quem precisa declarar a compra, venda ou posse de um imóvel

Que tipo de imóveis podem contratar seguro fiança?

O seguro fiança pode ser usado como garantia para a locação de imóveis urbanos residenciais, não residenciais – como escritórios e consultórios, por exemplo – e também por imóveis comerciais.

Seguro fiança: Valor

Em média, o valor do plano básico, ou seja, que cobre apenas uma possível inadimplência por parte do inquilino, gira em torno de um aluguel e meio. 

Ou seja, você está fechando a locação de um apartamento pelo valor de R$ 1.000 por mês de aluguel, a contratação de um seguro fiança ficaria em R$ 1.500. 

Geralmente, as seguradoras fecham esse valor de acordo com o número de itens que estarão sob a cobertura do plano.  

Qual é a duração?

Até bem pouco tempo atrás, o seguro fiança tinha duração de apenas 12 meses, precisando ser renovado durante o contrato de locação, que normalmente é de 30 meses.

No entanto, a Superintendência de Seguros Privados (Susep), entidade que regula o mercado de seguros no Brasil, baixou uma nova norma – pela Circular Nº 587, de 10 de junho de 2019 – que determina que as apólices tenham validade pelo prazo total do contrato de aluguel de imóvel.

Leia também: Tudo que você precisa saber sobre o contrato de aluguel de imóvel

Quem paga o seguro fiança?

O pagamento do seguro fiança é feito pelo locatário, no momento em que um contrato de aluguel é fechado. Esse pagamento, até bem pouco tempo atrás, era feito em poucas parcelas – normalmente três ou quatro. Mas grandes seguradoras do mercado já oferecem a opção de pagamento em 12 vezes. 

Com a nova norma da Susep, a seguradora precisa comunicar ao dono do imóvel em caso de falta de pagamento das parcelas por parte do locatário. Nestes casos, o proprietário pode efetuar esse pagamento, para não perder a cobertura do seguro, e negociar o ressarcimento desses valores junto ao inquilino.

E caso a situação não seja regularizada pelo inquilino, a Lei do Inquilinato dá o direito ao proprietário de buscar uma ação de despejo

Fiança Garantida

Além do seguro fiança, podemos encontrar outras garantias locatícias como o Fiança Garantida, que é uma opção acessível e econômica oferecida para imóveis administrados pelo QuintoAndar, sem a necessidade de procurar por um fiador de aluguel.

Sua renovação é anual e o pagamento pode ser feito por cartão de crédito, em até 12 vezes sem juros, ou à vista, via PIX ou boleto. A partir do 2º ano, a renovação do pagamento é feita automaticamente e o valor passa a ser cobrado direto no boleto de aluguel mensal.

Leia também: Como funcionam e quais as diferenças entre Fiança Garantida e Caução do QuintoAndar

Alugue sem complicação e sem fiador.
Alugue sem complicação e sem fiador. Encontre seu próximo lar

Perguntas frequentes sobre Fiança Garantida

A Fiança Garantida permite que mais pessoas aluguem pelo QuintoAndar.

Para fazer a contratação do serviço, é necessário que a pessoa tenha uma proposta aceita e passe pela avaliação de crédito.

Na sequência, a pessoa precisa enviar a documentação para a análise final de crédito e, com tudo aprovado, já está apta para a contratação da Fiança Garantida.

Após o pagamento, você passa a ter exclusividade no processo de aluguel do imóvel no qual está de olho pelo QuintoAndar. 

O valor da Fiança Garantida pode variar entre 50% e 75% do valor de um mês de aluguel. A quantia a ser paga vai depender do perfil de crédito do locatário e também das características do imóvel, correspondendo ao valor devido pelo primeiro ano de vigência da Fiança Garantida.

O serviço pode ser pago em parcelas de até 12 vezes sem juros no cartão de crédito, ou à vista com o uso do PIX.

A vigência da Fiança Garantida é de 12 meses. A partir do 2º ano, a renovação do pagamento é feita automaticamente e o valor passa a ser cobrado direto no boleto de aluguel mensal.

Não. Uma vez que é aprovada, a Fiança Garantida vale apenas para o imóvel para o qual você fez a proposta de aluguel. Não há possibilidade de transferir para outro imóvel.

Neste caso, o QuintoAndar estorna o valor que você pagou. E para realizar a contratação do Fiança Garantida para outro imóvel, você terá que passar pelo processo todo novamente.

Caso a desistência do negócio se dê pelo lado do proprietário do imóvel, o QuintoAndar também estorna todo o valor pago.

Fiança Simples

O QuintoAndar também oferece uma garantia locatícia para imóveis que são administrados pelo proprietário, eliminando, ainda assim, a necessidade de procurar por um fiador: a Fiança Simples. É uma solução que garante que o proprietário receba os valores de aluguéis, IPTU, condomínio, contas de consumo e multa rescisória mesmo em casos de inadimplência do inquilino. O valor da Fiança Simples pode variar de acordo com o perfil de crédito do locatário e das características do imóvel.

Saiba mais sobre esse tipo de garantia locatícia disponível para imóveis administrados pelo proprietário aqui.